fbpx

Ginástica Cerebral — Dicas para o cérebro

Ginástica Cerebral — Dicas para o cérebro
Ginástica Cerebral — Dicas para o cérebro
User Rating: 5 (1 votes)

Desafie seu cérebro respondendo a charada: A palavra hipopótamo tem 10 letras, mas eventualmente tem 13. Por quê?

Muito se fala hoje em dia sobre a importância de exercitarmos nossos músculos, com o propósito de termos uma melhor saúde e disposição no dia-a-dia. Esta informação está correta, mas este é somente um dos cuidados que temos que ter com o nosso corpo. Hoje em dia as pessoas cuidam do abdômen, bíceps, tríceps, pernas, tórax, mas será que estão cuidando direito de um dos principais órgãos do corpo humano? Claro que estou falando do nosso cérebro. Este órgão é responsável pelo controle de todo o nosso corpo, é extremamente funcional, mas também preguiçoso. Se não o desafiarmos, o cérebro tende sempre a agir no piloto automático, em sua zona de conforto, e assim, não cria novas conexões que o fazem se desenvolver. Todas as pessoas, a partir dos 35 anos, começam a passar por um processo de decadência cerebral, ou seja, as conexões criadas pelo cérebro durante a vida vão pouco a pouco se desativando. Este processo é lento, mas quanto mais nos aproximamos da melhor idade, mais percebemos seus reflexos. Mas nem tudo está perdido, é completamente possível reverter este quadro. Como? Ginástica cerebral. Isso mesmo. Se fizermos atividades mentais que desafiem o nosso cérebro a criarem novos caminhos neuronais, ele não só cria novas redes, como reativa as que estavam em processo de desativação. Por este motivo a ginástica cerebral é benéfica para todas as idades. Nas crianças e jovens, criam novos caminhos para que aumente sua reserva cognitiva, que é justamente estas conexões que o cérebro faz, e nos adultos e na melhor idade, além de criar novos caminhos, reativam os que estavam em processo de desativação. Algumas pessoas chegam a ficar espantadas com o resultado positivo que a ginástica cerebral proporciona. Em curto prazo, percebe-se um aumento de desempenho nas suas atividades cotidianas. Em longo prazo, aumenta-se a expectativa de vida em até 5 anos, e o mais importante, com qualidade de vida. Ou seja, o antigo provérbio: Mente sã, corpo são, já não é mais misticismo, agora é ciência.

Dicas para o cérebro:

  • Tome muita água. Á água é o combustível para o cérebro.
  • Crie o hábito de escrever com a mão não dominante (destros com a esquerda e canhotos com a direita). Escreva uma frase por dia. Quando for ver terá redigido um texto. Desta forma irá tirar seu cérebro da zona de conforto, desafiando-o a criar novos caminhos cognitivos.
  • Não seja resistente às mudanças. As mudanças nos tiram da zona de conforto, mas nos forçam a procurarmos novas soluções. Isso é benéfico ao cérebro.

Quanto ao desafio do hipopótamo, se quiser descobrir aqui vai uma dica: exercite seu cérebro! E quando descobrir compartilhe com seus amigos e deixe-os exercitar o cérebro também!

Achou fácil? Então tente este aqui:

Qual é o próximo número da sequência?

2 , 10 , 12 , 16 , 17 , 18 , 19 , …

Vamos lá!

Conheça nosso método de estimulação cognitiva: www.superajardins.com.br

Tel.: (11) 3051-5767

e-mail: eder.saopaulo.jardins@metodosupera.com.br

 

Por Eder Bülle – Professor de ginástica cerebral.

Compartilhe sua Opinião ou Tire suas dúvidas!
Karina Ferrari é Psicanalista, Terapeuta Holística e Coach, atuando em seus atendimentos com a Terapia Psicanalítica, o Reiki, a Terapia Floral de Bach, o Balanceamento Muscular (Cinesiologia) e Coaching. Instrutora e Pesquisadora dos Florais de Bach, com formação Internacional em Florais de Bach pelo Instituto Bach. Realiza atendimento em consultório particular e empresas, ministra cursos e palestras sobre Reiki e sobre os Florais de Bach, ministra palestras voltadas ao desenvolvimento pessoal e profissional e é facilitadora de grupos de estudos no Instituto Religere. Agende uma consulta agora mesmo entrando emcontato comigo, por telefone ou e-mail.

Leave a Reply